353 26/11/2021 às 09:00

Câmara barra venda de gasolina de qualquer marca nos postos

Estadão Conteúdo

Redação Em Dia ES

A MP enviada pelo Executivo também permitia que postos passassem a vender combustíveis de outras marcas, diferentes de suas bandeiras, desde que devidamente informado ao consumidor
Câmara barra venda de gasolina de qualquer marca nos postos. Foto: © Marcello Casal jr/Agência Brasil
A Câmara aprovou nesta quinta-feira, 25, a Medida Provisória (MP) 1063/21, que autoriza postos de combustíveis a comprarem de etanol hidratado diretamente de produtores ou importadores, sem a necessidade de passarem por distribuidoras. O texto segue agora para análise do Senado.

A MP enviada pelo Executivo também permitia que postos passassem a vender combustíveis de outras marcas, diferentes de suas bandeiras, desde que devidamente informado ao consumidor. O trecho, no entanto, foi retirado após aprovação de um destaque apresentado pela bancada do PT. Segundo o relator da proposta, Augusto Coutinho (Solidariedade-PE), o governo acredita que "isso poderia baratear" o preço dos combustíveis. No entanto, para partidos de oposição, é questionável que "se tenha um posto de uma bandeira vendendo produtos de outra marca."

Hoje, postos de combustíveis têm a opção de se vincularem a marcas comerciais de distribuidoras, como Raízen/Shell, BR/Petrobras e Ipiranga, ou serem independentes. Esses postos, que podem comprar combustíveis de qualquer fornecedor, são chamados de “bandeira branca” e representam cerca de 47% do mercado.

Promessa do presidente Jair Bolsonaro, a venda direta de etanol das usinas para os postos de combustíveis vinha sendo estudada desde 2019. A intenção do governo é aumentar a competição no setor. Os distribuidores poderão continuar atuando, porém o posto poderá optar pela compra direta dos produtores nacionais - maiores fornecedores - ou do importador.

Por se tratar de uma medida provisória, as mudanças já estavam em vigor desde a data da publicação, em 12 de agosto. Contudo, para se tornar legislação permanente, a proposta precisa ser aprovada em até 120 dias, sob risco de perder a vigência — a MP vale até o próximo dia 9.

De acordo com Coutinho, o objetivo da medida é diminuir o custo final do combustível. Segundo ele, a venda direta para postos é uma "boa iniciativa". "Você tem uma região que tem usinas e que possa vender aos postos de toda a região, que certamente vai baratear o custo de frete", afirmou.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Artigo de Opinião: sistema de transporte coletivo que promove justiça social Artigo de Opinião: sistema de transporte coletivo que promove justiça social
  2. 2

    2 - Detran|ES passa a emitir Licença de Aprendizagem para a renovação de CNH para PcD Detran|ES passa a emitir Licença de Aprendizagem para a renovação de CNH para PcD
  3. 3

    3 - Desabamento em Capitólio: confira as últimas atualizações sobre o desastre em MG Desabamento em Capitólio: confira as últimas atualizações sobre o desastre em MG
  4. 4

    4 - Como proteger os cães da queima de fogos de artifício com estampido Como proteger os cães da queima de fogos de artifício com estampido
  5. 5

    5 - Espírito Santo perdeu uma de suas maiores lideranças evangélicas Espírito Santo perdeu uma de suas maiores lideranças evangélicas
  6. 6

    6 - Corpos das vítimas do acidente que matou Marília Mendonça são liberados pelo IML Corpos das vítimas do acidente que matou Marília Mendonça são liberados pelo IML

Enquete

Resultado

Você sabe diferenciar uma fake news?


  • Sim
  • Não

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca