425 06/02/2020 às 08:30

Governador e bancada federal se reúnem com ministro da Economia

Redação Em Dia ES

Durante a audiência, o governador apresentou o relatório dos danos causados pelas chuvas de janeiro em diversos municípios capixabas
Governador e bancada federal se reúnem com ministro da Economia. Foto: Gustavo Raniere/ASCOM/Ministério da Economia
O governador do Estado, Renato Casagrande, ao lado de integrantes da bancada federal, esteve reunido com o ministro Paulo Guedes, na tarde desta quarta-feira (05), em Brasília-DF. Durante a audiência, o governador apresentou o relatório dos danos causados pelas chuvas de janeiro em diversos municípios capixabas. Casagrande reforçou o pedido de auxílio financeiro ao Governo Federal nas despesas com a reconstrução das cidades afetadas pelo desastre.

“Apresentamos o relatório com as necessidades nas áreas de infraestrutura e de casas populares. Fomos bem acolhidos pelo ministro, que conheceu bem a realidade do nosso Estado. Agora estamos na expectativa de receber um aporte do Governo Federal. 

O ministro Paulo Guedes deu a sinalização de que será possível e vai ajudar. Colaborando e interagindo com o ministro Canuto, com quem já estivemos, pois, essa liberação de recursos é via Defesa Civil Nacional”, comentou o governador.

Na última segunda-feira (3), Casagrande apresentou o relatório ao ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Na ocasião, o governador protocolou um ofício solicitando o repasse de R$ 667 milhões em verbas federais para reconstrução. No dia seguinte, o Governo do Estado anunciou o repasse de R$ 214 milhões para reconstrução das cidades atingidas.

De acordo com o relatório da Defesa Civil Estadual, 639 edificações e 221 pontes foram destruídas ou danificadas pelas chuvas, além de 199.320 metros quadrados de estradas, rodovias e contenções. 

Foi estimado um prejuízo de R$ 71,05 milhões em edificações privadas, outros R$ 74,79 milhões em edificações públicas e mais R$ 520,95 milhões em danos à infraestrutura. Ao todo, 39 municípios e 60.605 pessoas foram afetadas pelas chuvas no Espírito Santo.

Casagrande destacou ainda que a burocracia na obtenção dos recursos está sendo superada com a instalação de um escritório para elaboração dos projetos. “Temos que apresentar os planos de trabalho de cada munícipio e do Estado, mas já estamos fazendo isso. Montamos um escritório de projetos com a presença da Defesa Civil Nacional, Estadual e dos municípios. Estamos trabalhando muito para que possamos romper essa burocracia. O valor é liberado de acordo com o plano de trabalho entregue. Será por meio do Sistema Nacional da Defesa Civil que as obras emergenciais serão feitas", apontou.

Reconstrução ES

Além de medidas assistenciais e tributárias para a recuperação econômica dos municípios e pessoas afetadas pelas chuvas, o Governo do Estado vai destinar R$ 100 milhões para a execução de obras nos 22 municípios capixabas que tiveram decretado Estado de Calamidade Pública ou Situação de Emergência. 

O recurso vai contemplar intervenções, como a reconstrução de pontes e contenções. As verbas são oriundas do orçamento do Departamento de Edificações e Rodovias (DER-ES).

O Fundo CIDADES destinará R$ 72 milhões para ações de reconstrução e prevenção de desastres, enquanto o Fundo Estadual de Proteção e Defesa Civil (Funpdec) receberá R$ 25 milhões para a implementação de mais ações preventivas. Além disso, os municípios também receberão R$ 17 milhões via Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS).

Presenças

Estiveram presentes na reunião com o ministro da Economia: os senadores Marcos do Val, Rose de Freitas, Fabiano Contarato e Luiz Pastore, bem como os deputados federais Ted Conti, Helder Salomão, Amaro Neto, Josias Da Vitória, Sergio Vidigal, Evair de Melo e Lauriete.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Por que ex-aliados do presidente adotaram termo 'bolsopetismo' para atacar governistas Por que ex-aliados do presidente adotaram termo 'bolsopetismo' para atacar governistas
  2. 2

    2 - Ator Mário Frias é nomeado e sucederá Regina Duarte como secretário de Cultura Ator Mário Frias é nomeado e sucederá Regina Duarte como secretário de Cultura
  3. 3

    3 - Saída de Teich é a décima mudança ministerial no governo Saída de Teich é a décima mudança ministerial no governo
  4. 4

    4 - Aprovação de Trump cai com escalada de mortos por covid-19 nos EUA Aprovação de Trump cai com escalada de mortos por covid-19 nos EUA
  5. 5

    5 - Bolsonaro diz que decisão de Moraes foi 'política' e que vai recorrer da suspensão de ... Bolsonaro diz que decisão de Moraes foi 'política' e que vai recorrer da suspensão de ...
  6. 6

    6 - Centrão sai em defesa de Bolsonaro e diz não haver clima para impeachment Centrão sai em defesa de Bolsonaro e diz não haver clima para impeachment

Enquete

Resultado

Você acha que o Isolamento social é a melhor estratégia de combate ao coronavírus?


  • Sim
  • Não

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca