284 17/11/2021 às 19:12 - última atualização 17/11/2021 às 20:42

Congresso divulga produção científica e tecnológica da pesquisa agropecuária no ES

Redação Em Dia ES

O governador destacou que o Espírito Santo foi o estado que mais investiu em educação e o terceiro que mais investiu em ciência, tecnologia e inovação durante a pandemia


Congresso divulga produção científica e tecnológica da pesquisa agropecuária no ES. Foto Hélio Filho Governo ES
Teve início nesta quarta-feira (17), o Congresso Capixaba de Pesquisa Agropecuária (CCPA) 2021, que vai promover a divulgação da produção científica e tecnológica dos 90 projetos do Edital de Pesquisa Aplicada a Políticas Públicas Estaduais Agropecuárias no Estado do Espírito Santo (PPAgro) 06/2015. A abertura do evento teve a presença do governador do Estado, Renato Casagrande. A programação segue até a próxima sexta-feira (19), pelo site do Congresso (https://eventos.congresse.me/ccpa2021).

O Congresso é dividido em painéis com dez temáticas diferentes: Cafeicultura; Produção Animal; Pipericultura (pimenta-do-reino); Silvicultura e Sistemas Integrados de Produção; Culturas Alimentares e Floricultura; Aquicultura e Pesca; Água, Solo e Agricultura de Baixo Carbono; Fruticultura; Fruticultura mamão; e Agroecologia e Agricultura Orgânica.

Durante a abertura do evento, que ocorreu de forma híbrida, o governador lembrou que o Espírito Santo foi o estado que mais investiu em educação e o terceiro que mais investiu em ciência, tecnologia e inovação durante a pandemia. “Num período em que tivemos que alocar muitos recursos para salvar vidas, não deixamos de cuidar de áreas importantes, podendo formar essa rede de pesquisa na área agropecuária”, observou.

Casagrande prosseguiu: “O Espírito Santo tem na agricultura uma de suas potencialidades. E a agricultura familiar tem sido fortalecida pelos nossos programas. A pesquisa agrega valor aos produtos, traz mais renda às famílias, gera mais empregos no campo e traz desenvolvimento ao nosso Estado. Sempre digo que queremos um Estado próspero e com menos desigualdade. E essa pesquisa na área agropecuária ajuda a manter os jovens no campo.”

O CPPA é realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag); pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper); e pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes); com o apoio de diversas instituições públicas e privadas. Entre os 90 projetos submetidos no Edital PPE-Agro, 32 foram executados pelo Incaper.

Na avaliação da diretora-presidente da Fapes, Cristina Engel, o Congresso tem o papel fundamental de apresentar o resultado dos 90 projetos que foram aprovados no edital. “É importante ressaltar que todos os projetos que chegaram até o final, tiveram resultados significativos e fazem parte de redes de pesquisas. São 22 redes de trabalho para as pesquisas executadas e essa é a forma mais inteligente, atualmente, de lidar com determinados temas. Assim há uma racionalização no recurso empregado e a melhoria dos resultados, porque se trabalha de uma forma multidisciplinar e interinstitucional”, pontuou.

Cristina Engel destacou ainda a integração entre todos os pesquisadores envolvidos no evento com a equipe de trabalho da Fundação. “A realização desse evento contou com trabalho conjunto entre a Seag, a Fapes e o Incaper, sendo de responsabilidade da Fundação a comunicação com os pesquisadores, aos quais nós gostaríamos muito de agradecer por toda a colaboração, que certamente é a chave para o sucesso do Congresso. Acredito que todos que se inscreverem ganharão muito conhecimento científico e inovativo, e participarão de excelentes debates nos três dias do CCPA”, afirmou.

“Um Estado com dimensões pequenas como o nosso é destaque nas reuniões em nível nacional, porque aqui nós temos o Governo do Estado que financia projetos de pesquisa para a agropecuária, a exemplo do CCPA. São 90 projetos com importantes resultados inovadores que o Incaper tem o comprometimento de levar para os agricultores, para atingir nosso principal objetivo, que é o desenvolvimento do meio rural”, declarou o diretor-presidente do Incaper, Antônio Machado.

O secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, lembrou que o CCPA está debatendo as principais cadeias produtivas capixabas. “Um evento como esse, em formato on-line, consegue atingir um público muito maior. Durante três dias, vários projetos voltados para a produção científica e tecnológica irão promover a integração entre pesquisadores, extensionistas, produtores rurais, profissionais liberais, empresários e estudantes que atuam na cadeia produtiva da agricultura, pecuária, silvicultura, aquicultura e pesca. Estou muito feliz em participar desse momento tão rico em informações”, frisou.

Mais sobre o CCPA

A programação completa do CCPA estará disponível no site do Congresso, com acesso mediante inscrição. O Congresso é dividido em três dias, sendo composto por 10 painéis com temas da agropecuária, além de três conferências e uma mesa redonda. Em cada painel serão apresentadas palestras gravadas pelos pesquisadores, de aproximadamente quinze minutos cada uma.

Serão disponibilizadas 63 palestras, além da programação do CCPA, que poderão ser assistidas durante os três dias do evento. Os vídeos das palestras estarão disponíveis das 18 horas às 9 horas da manhã do dia seguinte, na plataforma do evento, com objetivo de não causar um conflito com a programação diária do Congresso.

“Durante os painéis, o chat estará aberto e disponível para perguntas e comentários. Ao final da última palestra de cada painel, a sala será aberta para debate sobre os temas apresentados. Da mesma forma vão funcionar as conferências e a mesa redonda. Convidamos a todos a participarem”, informou Pedro Carvalho, coordenador de Silvicultura da Seag, idealizador e membro do comitê de organização do Congresso.

Também estiveram presentes na abertura do evento, o gerente de Relações Institucionais e Governamentais da Vale, José Lúcio; o subsecretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico, Denio Arantes Rebello; e a diretora técnica do Incaper, Sheila Posse.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Julio de Castilhos assume comando do Ministério Público Eleitoral no ES Julio de Castilhos assume comando do Ministério Público Eleitoral no ES
  2. 2

    2 - TSE planeja regra para ‘secar’ receita de canais com conteúdo político na internet TSE planeja regra para ‘secar’ receita de canais com conteúdo político na internet
  3. 3

    3 - Eugênio Ricas é o novo superintendente da Polícia Federal no ES Eugênio Ricas é o novo superintendente da Polícia Federal no ES
  4. 4

    4 - Eduardo Leite, governador do RS, revela ser homossexual em entrevista Eduardo Leite, governador do RS, revela ser homossexual em entrevista
  5. 5

    5 - Marcos do Val empurra Luis Miranda e senadores separam. Veja vídeo Marcos do Val empurra Luis Miranda e senadores separam. Veja vídeo
  6. 6

    6 - Givaldo Vieira oficializará ida para o PSB em ato com Casagrande em Brasília Givaldo Vieira oficializará ida para o PSB em ato com Casagrande em Brasília

Enquete

Resultado

Você acompanha as ações dos eleitos nas eleições de 2020?


  • Sim
  • Não

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca