422 15/11/2021 às 19:30 - última atualização 15/11/2021 às 20:54

Bolsonaro diz que Enem “começa a ter cara do governo”

Redação Em Dia ES

Dezenas de servidores do Inep que trabalhavam com o exame pediram demissão
Presidente Bolsonaro diz que Enem começa a ter cara do governo. Foto: Divulgação
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta segunda-feira (15), que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) “começa agora a ter a cara do governo”.

Bolsonaro respondia sobre uma crise institucional no Inep, órgão que cuida da gestão do exame. Nas últimas semanas, dezenas de profissionais do Inep pediram demissão com a alegação de que havia ingerência no órgão, que é responsável pela realização do exame.

O presidente afirmou ter conversado “muito rapidamente” com o ministro da Educação, Milton Ribeiro, e que ele teria garantido a realização das provas “na mais absoluta tranquilidade”. O Enem está marcado para acontecer entre os dias 21 e 28 de novembro.

“O que levou àquelas demissões, não quero entrar em detalhes, mas é um absurdo que se gastava com poucas pessoas lá. Inadmissível”, disse Bolsonaro.

“O que eu considero muito é que começa a ter a cara do governo as questões da prova do Enem. Ninguém precisa estar preocupado com aquelas questões do passado, que caía tema de redação que não tinha nada a ver com nada, realmente é algo voltado para o aprendizado”, completou.

Bolsonaro foi questionado sobre o tema em uma entrevista concedida a jornalistas em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, onde ele cumpre agenda na Expo Dubai 2020.

Demissões em massa
Nas últimas semanas, trinta e sete coordenadores do Inep pediram demissão coletiva em resposta ao que classificam de “má gestão” do instituto, órgão ligado ao Ministério da Educação e responsável pela aplicação de todos os exames públicos de avaliação de ensino no Brasil. A maior parte dos que se demitiram atuava na área de gestão e tecnologia do Inep, e cuidava diretamente do Enem.

Em ofício encaminhado à diretoria do Inep, ao qual a CNN teve acesso, os servidores públicos afirmam que “considerando a situação sistêmica do órgão e a fragilidade técnica e administrativa da atual gestão máxima do Inep”, solicitam a dispensa do cargo em comissão ou função comissionada que estavam.

Em nota, o ministro Milton Ribeiro afirmou que “as provas do exame já se encontram com a empresa aplicadora e o Inep está monitorando a situação para garantir a normalidade de sua execução”.

Com CNN Brasil
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Julio de Castilhos assume comando do Ministério Público Eleitoral no ES Julio de Castilhos assume comando do Ministério Público Eleitoral no ES
  2. 2

    2 - TSE planeja regra para ‘secar’ receita de canais com conteúdo político na internet TSE planeja regra para ‘secar’ receita de canais com conteúdo político na internet
  3. 3

    3 - Eugênio Ricas é o novo superintendente da Polícia Federal no ES Eugênio Ricas é o novo superintendente da Polícia Federal no ES
  4. 4

    4 - Eduardo Leite, governador do RS, revela ser homossexual em entrevista Eduardo Leite, governador do RS, revela ser homossexual em entrevista
  5. 5

    5 - Marcos do Val empurra Luis Miranda e senadores separam. Veja vídeo Marcos do Val empurra Luis Miranda e senadores separam. Veja vídeo
  6. 6

    6 - Givaldo Vieira oficializará ida para o PSB em ato com Casagrande em Brasília Givaldo Vieira oficializará ida para o PSB em ato com Casagrande em Brasília

Enquete

Resultado

Você acompanha as ações dos eleitos nas eleições de 2020?


  • Sim
  • Não

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca