541 12/01/2021 às 18:58 - última atualização 12/01/2021 às 19:51

Bolsonaro diz pedir a Deus para que governadores e prefeitos "não fechem tudo de novo"

Redação Em Dia ES

Presidente também repetiu reclamações sobre o STF
Bolsonaro diz pedir a Deus para que governadores e prefeitos não fechem tudo de novo. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta terça-feira (12/1), pedir a Deus para que governadores e prefeitos “não fechem tudo de novo” em meio à pandemia de covid-19, que já matou mais de 200 mil brasileiros. A declaração ocorreu durante a cerimônia de aniversário de 160 anos da Caixa.

Bolsonaro voltou a dizer que economia e saúde andam juntas. “Devemos deixar a nossa economia fora da UTI, como outros países mantêm até hoje. Peço a Deus para que ilumine governadores e prefeitos para que não fechem tudo de novo. Essa não é a economia correta. Vida e economia andam de braços dados, não podemos falar de saúde sem emprego. Nós somos persistentes”, apontou.

O mandatário também repetiu críticas ao lockdown. Segundo ele, a "política não pensada do feche tudo, a economia a gente vê depois" quase provocou uma crise maior do que a do próprio vírus.

Bolsonaro ainda repetiu reclamações sobre o Supremo Tribunal Federal (STF), que diante da pandemia conferiu a governadores e prefeitos o poder de decidir localmente sobre suas políticas de isolamento social e fechamento de comércios para conter a doença. O presidente não citou o órgão diretamente, mas reforçou que teve suas decisões "tolhidas e castradas".
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Major Olimpio, líder do PSL no Senado, morre vítima da Covid-19 Major Olimpio, líder do PSL no Senado, morre vítima da Covid-19
  2. 2

    2 - Política de combate a pandemia é do governo, diz novo ministro da Saúde Política de combate a pandemia é do governo, diz novo ministro da Saúde
  3. 3

    3 - Governador Renato Casagrande anuncia mudanças no secretariado Governador Renato Casagrande anuncia mudanças no secretariado
  4. 4

    4 - Marcelo Crivella, ex-prefeito do Rio vira réu acusado de corrupção Marcelo Crivella, ex-prefeito do Rio vira réu acusado de corrupção
  5. 5

    5 - Mourão reforça ser contra impeachment e comenta demissão de assessor Mourão reforça ser contra impeachment e comenta demissão de assessor
  6. 6

    6 - Mais de R$ 1,8 bilhão em compras: “carrinho” do governo federal tem de sagu a chicletes Mais de R$ 1,8 bilhão em compras: “carrinho” do governo federal tem de sagu a chicletes

Enquete

Resultado

Você acompanha as ações dos eleitos nas eleições de 2020?


  • Sim
  • Não

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca