533 29/08/2020 às 19:53

Empresário denunciado na Operação Rubi é preso em Linhares

Redação Em Dia ES

A prisão foi decretada porque o empresário descumpriu medidas cautelares determinadas pela Justiça
Empresário denunciado na Operação Rubi é preso em Linhares. Foto Divulgação
O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do subprocurador-geral de Justiça Judicial, Josemar Moreira, pediu a prisão preventiva de um empresário denunciado por participar de uma organização criminosa constituída para lesar os cofres públicos dos municípios de Presidente Kennedy, Marataízes e Piúma. A Justiça deferiu o pedido e o mandado de prisão foi cumprido no final da tarde de sexta-feira, 28 de agosto. O empresário foi preso em Linhares por integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPES, com o apoio do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar da instituição, e levado para o Presídio Regional localizado no município.

A prisão foi decretada porque o empresário descumpriu medidas cautelares determinadas pela Justiça nos processos decorrentes da Operação Rubi, deflagrada em 2019. Ele foi proibido de manter contato com os demais investigados e denunciados na ação penal e teria de ficar em recolhimento domiciliar de 22h às 6 horas, durante a semana, e nos dias de folga. No entanto, uma investigação do Gaeco apurou que o empresário forçou a entrada na casa de um dos réus do caso e passou a noite lá. Ao sair, levou com ele bens pessoais desse réu, que prestou informações contrárias aos interesses do empresário durante a investigação.

Diante dos fatos, o MPES apontou que o empresário representava risco concreto de prejuízos à instrução processual, à ordem pública e à aplicação da lei penal, além de demonstrar desprezo aos órgãos de justiça e possível interferência na coleta de dados e provas complementares às investigações. Por essas razões, foi requisitada a prisão. 
 
Entenda o caso
O empresário teve a prisão preventiva decretada inicialmente quando a Operação Rubi foi deflagrada pelo Gaeco, mas se tornou foragido da Justiça. Nesse período, o Gaeco realizou diversas diligências para prendê-lo e apurou que ele havia se refugiado no Estado de Pernambuco. No curso do processo, porém, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Espírito Santo revogou o mandado de prisão preventiva dele para impor medidas cautelares.

A Operação Rubi foi deflagrada no dia 8 de maio de 2019 pela Subprocuradoria-Geral de Justiça Judicial e pelo Gaeco-Central, com o apoio do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES e da Polícia Militar. Na ocasião, foram presos a prefeita de Presidente Kennedy, um secretário do município, um contador, um empresário e o motorista. Todos foram presos na casa da prefeita, quando houve o flagrante do recebimento de propina de R$ 33 mil.

Além dos mandados de prisão temporária, foram cumpridos na operação cinco mandados de afastamento funcional de agentes públicos e 11 mandados de proibição de acesso às dependências de órgãos públicos, além de 25 mandados de busca e apreensão em Presidente Kennedy, Marataízes, Jaguaré, Piúma, Cachoeiro de Itapemirim, Linhares, Jerônimo Monteiro, Grande Vitória e no Estado do Rio de Janeiro. Os mandados foram cumpridos nas residências de investigados, em órgãos públicos e empresas suspeitas de integrar o esquema.

 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Polícia Ambiental realiza Operação Piracema e apreende mais de mil metros de rede de pesca Polícia Ambiental realiza Operação Piracema e apreende mais de mil metros de rede de pesca
  2. 2

    2 - Morreu no hospital jovem baleado neste domingo (08) em Linhares Morreu no hospital jovem baleado neste domingo (08) em Linhares
  3. 3

    3 - Polícia Civil de Linhares prendeu homem que matou idoso a facadas em Minas Gerais Polícia Civil de Linhares prendeu homem que matou idoso a facadas em Minas Gerais
  4. 4

    4 - Polícia prendeu mecânico que fez disparos de arma de fogo em plena rua em Linhares Polícia prendeu mecânico que fez disparos de arma de fogo em plena rua em Linhares
  5. 5

    5 - Mortes em confrontos com a polícia crescem no Espírito Santo Mortes em confrontos com a polícia crescem no Espírito Santo
  6. 6

    6 - Operação conjunta desarticula organização criminosa em Pinheiros Operação conjunta desarticula organização criminosa em Pinheiros

Enquete

Resultado

Como tá a segurança em Linhares


  • Boa
  • Ruim
  • Péssima

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca