192 21/02/2021 às 12:51 - última atualização 21/02/2021 às 18:37

#RetroEmDiaES - Entrevista com Renata Oliveira Bonfim

Redação Em Dia ES

No início de junho de 2020, a poetista e escritora capixaba Renata Oliveira Bomfim que é Doutora em Letras pela Universidade Federal do Espírito Santo, graduada em Artes Plásticas também pela UFES e arteterapeuta com larga experiência no campo da saúde mental, concedeu uma entrevista ao colunista do site EmDiaES, Joacles Costa, clique no link abaixo e acompanhe na íntegra:
RetroEmDiaES - Entrevista com Renata Oliveira Bonfim
Conheça um pouco mais sobre ela
Nascida em Vitória, ES, no dia 21 de Novembro de 1972, foi uma criança tímida, introspectiva e desde cedo sentiu fascinação pela leitura. Não teve acesso a livros infantis, mas lembra de ter relido, muitas vezes, cinco ou seis volumes de uma enciclopédia, esses eram os únicos livros da casa. Na adolescência lia o que caia em mãos, assim como os populares romances “Sabrina” e “Bianca”. Driblando uma religião que só permitia a leitura da Bíblia, foi buscando ter acesso a outras obras. Significante foi para Renata associar-se a uma locadora de livros na rua Sete de Setembro, Centro de Vitória-ES. Foi assim que teve a oportunidade de ler vários clássicos, entre eles Robson Crusoé, de Daniel Defoe; Moby Dick, de Herman Melville; as obras de Machado de Assis, especialmente Dom Casmurro. 

Estudou na Escola Técnica Federal do Espírito Santo, hoje IFES, teve acesso a um acervo novo, apaixonando-se por Vinícius de Moraes. A escritora acredita que esse poeta abriu as portas da poesia para ela. Já possuía cadernos em que anotava frases bonitas, fazia desenhos e arriscava alguns versos. O exercício da escrita nasceu assim, fruto do gosto pela leitura. Ainda na adolescência teve contato com as poesias de Florbela Espanca, esse encontro marcaria muito a vida dela, pois, formada em artes plásticas pela UFES, foi buscar o mestrado e, posteriormente, o doutorado em Letras, especializando-se na obra dessa escritora portuguesa e, posteriormente, na de Rubén Darío, poeta nicaraguense. Acredita que é escritora desde o momento em que passou a construir os cadernos de poesia, mas apenas em 2010 tomou coragem para expor as poesias por meio da publicação do primeiro poemário, o livro Mina, editado pela editora Floricultura (ES). Em 2012 publicou o Arcano dezenove, pela mesma editora e em 2015 o Colóquio das árvores, agora pela editora Chiado, de Lisboa, Portugal. Nesse instante prepara-se para publicar O coração da Medusa, primeira obra bilíngue (poesias em português e castelhano).


 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Coluna: Wyatt | ‘’Minha poesia é o outro lado das tuas pupilas ... Coluna: Wyatt | ‘’Minha poesia é o outro lado das tuas pupilas ...
  2. 2

    2 - Coluna: Neves | Quando eu escrevo me sinto realizada Coluna: Neves | Quando eu escrevo me sinto realizada
  3. 3

    3 - Caminhada e romarias marcam a festa de Nossa Senhora da Saúde, padroeira da Diocese de ... Caminhada e romarias marcam a festa de Nossa Senhora da Saúde, padroeira da Diocese de ...
  4. 4

    4 - Enem no EmDiaES | Tudo que você precisa saber para o Enem Enem no EmDiaES | Tudo que você precisa saber para o Enem
  5. 5

    5 - Secult divulga resultado da segunda etapa do Edital Emergencial da Cultura Secult divulga resultado da segunda etapa do Edital Emergencial da Cultura
  6. 6

    6 - Coluna: Schultheiss: ‘’Quando a gente ama o que faz, tudo é mais fácil.‘’ Coluna: Schultheiss: ‘’Quando a gente ama o que faz, tudo é mais fácil.‘’
 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca