647 13/03/2022 às 11:20 - última atualização 12/04/2022 às 14:28

Leitura Em Dia | De lá pra cá e de cá pra lá

Por João Fiorot _ #9

Redação Em Dia ES

Será que nossos livros estão perdendo na tradução?
De lá pra cá e de cá pra lá
Será que nossos livros estão perdendo na tradução?

Entrar em uma livraria e correr pelos títulos, todos escritos em português, é bastante normal, mas quantos deles são, realmente, escritos em língua portuguesa? 

Ao olharmos para a nossa lista de leituras sem muita atenção, às vezes, não notaremos o grande número de autores traduzidos que temos e não há nenhum pecado em tê-los — afinal de contas, dominar um segundo ou terceiro idioma para ler, infelizmente, não é uma realidade do nosso país onde apenas 5% das pessoas falam inglês e somente 1% tem fluência, segundo pesquisa da British Council de 2021. Nesse caso, as traduções se fazem extremamente necessárias.

E isso é para se falar apenas do inglês, que é um idioma de muita abrangência, se pensarmos em autores cujas línguas maternas são o polonês, ou sueco, norueguês, russo etc. perceberemos que a necessidade das traduções é ainda maior. Mas por que será que costuma ser mais comum ver as pessoas lendo livros traduzidos do que livros nacionais? 

Eu gostaria de pensar duas coisas com o leitor sobre isso.

Primeiramente, para o caso dos livros escritos em língua inglesa, existe já um mercado bastante aquecido e com um trânsito muito grande. Toda a estrutura de agenciamento de autores e editoração acaba tornando mais comum também os trâmites para traduzir e exportar. Além disso, é visível que para alguns gêneros, muitas editoras têm algum favoritismo pelo que se faz fora do Brasil — o que talvez nos mostre que existem alguns espaços para serem explorados em nosso mercado. Para se ter uma ideia sobre o favoritismo pelos estrangeiros na hora de publicar e divulgar, verifiquei no site de uma grande editora do país, que toda a primeira página do seu catálogo não possui nenhum título nacional. Será que faltam escritores em terra brasilis? 

Além disso, e já é até um chavão falar, falta incentivo. Existe no Brasil o Programa de Apoio à Tradução, que tem por objetivo traduzir autores nacionais e auxiliar com que as obras brasileiras cheguem a outros países. Entretanto, o alcance do programa (que já não era grande no início) fica cada vez menor com o passar do tempo. Em 2013, foram dadas 206 bolsas de tradução; em 2015, a metade; em 2019, apenas 53 e entre 2020 e 2021, somente 59. E antes que as vozes que dizem que “se esses livros fossem tão bons assim, eles não precisariam de ajuda do governo para serem traduzidos e divulgados no exterior”, vale lembrar de uma autora polonesa, Olga Tokarczuk, que teve auxílio do programa de apoio à tradução do governo de seu país. O “detalhe” para a escritora é que ela foi a ganhadora do Nobel de Literatura do ano de 2018.

O Brasil ainda não fez um Nobel de Literatura, e pensando nisso, quantos mais argumentos precisamos levantar para defender a necessidade de incentivar nossa cultura para que ela se espalhe por aí? 

Até quando a falta de incentivo à cultura vai nos representar mais do que futebol e samba?...


O artigo publicado é de inteira responsabilidade exclusiva de seu autor e não representam as ideias ou opiniões do site EMDIAES.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Leitura Em Dia | Mundo literário comemora a chegada do mais novo escritor Leitura Em Dia | Mundo literário comemora a chegada do mais novo escritor
  2. 2

    2 - Bolsonaro veta nova Lei Aldir Blanc, que previa R$ 3 bilhões para Cultura Bolsonaro veta nova Lei Aldir Blanc, que previa R$ 3 bilhões para Cultura
  3. 3

    3 - Cultura popular capixaba de luto; morre Mestre Terto Cultura popular capixaba de luto; morre Mestre Terto
  4. 4

    4 - Leitura Em Dia | Lygia Fagundes Telles. Um adeus Leitura Em Dia | Lygia Fagundes Telles. Um adeus
  5. 5

    5 - Atrativos turísticos capixabas são apresentados em feira no Rio Grande do Sul Atrativos turísticos capixabas são apresentados em feira no Rio Grande do Sul
  6. 6

    6 - Leitura Em Dia | Não seria melhor ler algo mais fácil? Leitura Em Dia | Não seria melhor ler algo mais fácil?

Enquete

Resultado

Você sabe diferenciar uma fake news?


  • Sim
  • Não

 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca