317 08/11/2020 às 12:38 - última atualização 15/11/2020 às 13:59

Coluna: Rodrigues | “A poesia chega rapidamente no coração das crianças e opera milagres.”

Redação Em Dia ES

Valsema apresentou, para os alunos que estudam português, um panorama cultural do Estado do Espírito Santo
Rodrigues | “A poesia chega rapidamente no coração das crianças e opera milagres
Valsema Rodrigues da Costa nasceu em Sacramento, no Estado de Minas Gerais, em 05 de Novembro de 1943. Escritora, trovadora e poeta. Pertence à Academia Feminina Espírito-santense de Letras - AFESL e ocupa a cadeira nº 04, cuja patrona é Maria Stela de Novaes. Membra do Clube dos Trovadores Capixabas, Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo e da Academia de Letras Humberto de Campos de Vila Velha.

Em abril de 2001, em visita à cidade de Melbourne – Austrália, na Universidade de La Trobe, Valsema apresentou, para os alunos que estudam português, um panorama cultural do Estado do Espírito Santo e relançou o livro de poemas bilíngue “No Amor, na Primavera”.

Acompanhe a entrevista com a escritora Valsema Rodrigues da Costa:

Joacles Costa: Você gosta mais de Ler ou de Escrever?
Valsema Rodrigues: Sempre estou lendo ou escrevendo, adoro os dois momentos, gosto muito de escrever poemas e crônicas.

Joacles Costa: Como foi a sua primeira experiência como escritora?
Valsema Rodrigues: Na academia de letras de Vila Velha. O objetivo foi fazer uma pequena história sobre o Bullying e sobre gentileza gerando gentileza.

Joacles Costa: Quais são as suas obras publicadas? 
Valsema Rodrigues: Levadinha da Breca (literatura infantil) 1987. É a história de uma menina contada em forma poética com versinhos. Liberdade na Poesia (poemas) 1993. No Amor, na Primavera (poemas em inglês e português). Participações: Terceira Coletânea: Poetas do Espírito Santo e Poemar, Coletânea Vozes & Perfis – 2002, Antologia 2003 – Textos e Tramas, da AFESL, Antologia 2004 – Ecos da Terra Capixaba, da AFESL, Antologia 2005, da AFESL, Dança das Palavras, organização de Maria Beatriz Nader e Marlusse Pestana Daher. Antologia Clepsidra, da AFESL, organizada por Jô Drumond e Graça Neves, 2007. O livro No Reino Das Palavras,2008 - Através De Textos Poéticos, trabalho com a fonética e a gramática de forma lúdica. O Diário de karikassauro, 2015.  

Joacles Costa: Quais são os autores que te incentivaram a escrever, a partir das leituras dos clássicas brasileiros? 
Valsema Rodrigues: Gosto muito de Monteiro Lobato, Machado De Assis, Castro Alves, Clarice Lispector, Cecilia Meireles, Luís de Camões e Fernando Pessoa.

Joacles Costa: Como incentivar a viagem através da literatura?
Valsema Rodrigues: Desde pequenos. Temos que contar histórias, declamar poemas, cantar e incentivar as Artes. O livro No Reino das Palavras eu trabalho com textos poéticos, com fonética e com a gramática de forma bem lúdica. A poesia chega rapidamente no coração das crianças e opera milagres. Trabalhei a poesia com crianças deficientes e autistas.  

Joacles Costa: Como foi esta experiência de trabalhar com crianças especiais?
Valsema Rodrigues: Foi uma extremamente maravilhosa, fantástica. Com eles eu descobria a poesia que havia dentro de mim. Eles adoravam dançar e cantar. Eu até formei uma banda de música com as crianças deficientes auditivas, era um sucesso total. Eles tocavam num tablado de madeira e ninguém percebia que eram surdos.

Joacles Costa: Qual o principal papel do professor no desenvolvimento do gosto pela leitura na criança?
Valsema Rodrigues: É um trabalho de suma importância, pois, é preciso sempre ler para os alunos e ao mesmo dramatizar os textos, declamar poemas e instigar a curiosidade deles.  Os Meus netos por exemplos, que moram na Holanda, adoram histórias e textos em português lidos por mim.  Eu valorizo muito dar os créditos ao nome do autor e a notoriedade dele. Isso é a melhor forma direta de divulgação, para que os estudantes conheçam um pouquinho da vida dos escritores.

Joacles Costa: De que forma a poesia ajuda pedagogicamente no trabalho educativo?
Valsema Rodrigues: Poesia é beleza, magia e principalmente ela é sentimento, que é a fórmula fundamental para despertar atitudes artísticas nas crianças, o gosto pelas rimas, pelo ritmo e pelo enriquecimento do vocabulário.

Joacles Costa: Por que você queria ser livro?
Valsema Rodrigues: Eu queria ser livro para ser lida, compreendida, apreciada e acariciada pelas mãos dos pequenos leitores. Eu queria ser abraçada e ouvida, pois o livro tem voz.

Joacles Costa: O livro seu “O Diário de Karikassauro” é parte de qual comportamento na fase infantil?
Valsema Rodrigues: Faz parte do comportamento infantil da rejeição ou bullying que é o principal motivo da história do pequeno dinossauro.  O final da história do Karikassauro, 2015 é realizado pelo pequeno leitor, para existir uma maior interação e aproximação entre autor e leitor. As ilustrações do livro foram feitas pelo João Paulo Coser, que na época tinha apenas 10 anos de idade.

O DIARIO DE KARIKASSAURO aborda temas do cotidiano de crianças e inclusive conscientiza sobre a problemática do bullying. É uma história teve a finalidade de principalmente trabalhar com a rejeição e o bullying que é muito comum nas escolas do exterior. O meu neto, quando estava com apenas seis anos, recebeu bullying na escola, lá na Holanda, de um coleguinha alemão e por esse motivo, nao queria mais ir à escola.  Ele foi ameaçado pelo coleguinha na época, foi uma vivência muito triste.  Sempre existe isto, em relação às crianças ditas diferentes e/ou que possuem algumas dificuldades na fala, no andar ou apenas usam óculos.  Estas situações são motivos das crianças receberem muitas críticas e deixá-las muito entristecidas.

Título: O DIARIO DE KARIKASSAURO
 
Autor: Valsema Rodrigues da Costa

Dados da escritora: Valsema é Professora, especialista em musicoterapia. Já foi secretária de Cultura da Prefeitura de Vila Velha – Espírito Santo. Residente no Município de Vila Velha há muitos anos. Tem o título de Cidadã Vila Velhense e também é Funcionária do Tribunal de Contas do Estado do Espirito Santo.
Idioma: Português
Encadernação: Brochura
Páginas: 29 páginas
Ano de edição: 2015
Editora: Novaes Soluções Gráficas 
Preço: R$ 25,00
Onde comprar: Clique aqui ou através do contato (27) 99766-6460

Leitura Em Dia: O que você está lendo no momento? Estou lendo HELENA de Geisa Galvão que fala sobre a chegada os italianos nos Espírito Santo

Revisão de texto: Max Maciel

O artigo publicado é de inteira responsabilidade exclusiva de seu autor e não representam as idéias ou opiniões do site EMDIAES.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Caminhada e romarias marcam a festa de Nossa Senhora da Saúde, padroeira da Diocese de ... Caminhada e romarias marcam a festa de Nossa Senhora da Saúde, padroeira da Diocese de ...
  2. 2

    2 - Enem no EmDiaES | Tudo que você precisa saber para o Enem Enem no EmDiaES | Tudo que você precisa saber para o Enem
  3. 3

    3 - Secult divulga resultado da segunda etapa do Edital Emergencial da Cultura Secult divulga resultado da segunda etapa do Edital Emergencial da Cultura
  4. 4

    4 - Coluna: Leal | “A Simplicidade e a Realidade Mostram Muito do Nosso Cotidiano” Coluna: Leal | “A Simplicidade e a Realidade Mostram Muito do Nosso Cotidiano”
  5. 5

    5 - Coluna: Cazé | “Combater o racismo e fundamentar uma política antirracista, ... Coluna: Cazé | “Combater o racismo e fundamentar uma política antirracista, ...
  6. 6

    6 - SEDH apresenta programação para Novembro Negro SEDH apresenta programação para Novembro Negro
 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca