616 13/06/2020 às 13:15 - última atualização 22/08/2020 às 12:21

Coluna: “O Único motivo que nos dá uma razão para escrever livros é a existência de leitores.”

Por Joacles Costa

Redação Em Dia ES

Monjardim | “O único motivo que nos dá uma razão para escrever livros é a existência de leitores.”
O Único Motivo Que Nos Dá Uma Razão Para Escrever Livros é a Existência de Leitores. Imagens: Divulgação
Olá meus queridos.

Falaremos hoje de Leonardo Passos Monjardim que é advogado, um grande incentivador da leitura, escritor, membro da Academia Espírito-Santense de Letras, fundador da Ajel Academia Jovem Espírito-Santense de Letras e presidiu o IHGES Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo - 2005/2008.

Vamos conhecer um pouco mais sobre Leonardo:
Nascido em Vitória, Capital do Estado do Espírito Santo, no dia 11 de Junho de 1973, Leonardo vem de uma família tradicional de escritores, Léo, como gosta de ser chamado, nasceu e cresceu dentro do meio literário e isso o encorajou a acreditar que seria possível desenvolver-se na escrita também.  

O jovem sempre gostou de ler e a partir daí, escrever tornou-se um hábito. Ingressou oficialmente no mundo literário aos 22 anos de idade. A desenvoltura foi tamanha que até o presente momento Monjardim já possui um vasto material escrito e publicado, são eles: Antologia Capixaba, O Antigo Casarão, 100 Anos de Adelpho Poli Monjardim, Reflexões Sobre o Poder, Patrimônio e Logradouros de Fradinhos, A Publicidade na Relação de Consumo, Reforma Agrária do Estado do ES, A Justiça Tarda Mas não Falha e A História Política da Família Monjardim que será lançado no próximo mês de Julho do presente ano de 2020.

Segundo o escritor, escrever é muito bom. Entretanto, para ele, ainda falta espaço e divulgação para os artistas locais divulgarem seus trabalho finais, “temos ótimos escritores no ES, de renome, prova disso é Rubem Braga e José Carlos de Oliveira, precisamos nos orgulhar mais da nossa história e da nossa origem’” relata.

O autor destaca que quando esteve à frente da secretaria da Lei Rubem que é uma Lei de Incentivo à Cultura da Capital Capixaba, o maior esforço dele foi em apoiar o máximo as publicações locais e incentivar o lançamento de novos escritores e para ele “o único motivo que nos dá uma razão para escrever livros é a existência de leitores,” desabafa o escritor.

Leonardo Monjardim atua fortemente no projeto Compartilhe Saber que busca recolher livros de literatura e doá-los para criança e adolescentes de Comunidades carentes da grande Vitória, “o projeto nada mais é do que criar um ambiente lúdico para incentivar as crianças a lerem e escreverem”, o projeto já distribuiu mais de 14 mil exemplares desde 2015.

 Apesar de todas as dificuldades que um escritor passa para publicar um livro, Léo manda um recado para você que deseja publicar o que você escreve “acredite no sonho e se exponha sempre. Queria apenas deixar sua contribuição literária para as novas gerações. Nesse mundo não existe espaço para quem se acovarda e a leitura é o melhor caminho para o conhecimento”.  Está dado o recado. 
 
Livro: A Justiça Tarda Mas Não Falha
Número de páginas: 80
Ano: 2020 
Gênero: História e Folclore 
Preço: R$ 20,00
Editora: Editora Jep 
Onde comprar: Editora Jep - 2731981900

- Minha Leitura Em Dia: ‘’Estou lendo Cartas entre Amigos do autores Fábio de Melo e Gabriel Chalita –  Ed. Ediouro.”

O artigo publicado é de inteira responsabilidade exclusiva de seu autor e não representam as idéias ou opiniões do site EMDIAES.
 
 
 

Fique em dia

  1. 1

    1 - Enem no EmDiaES | Tudo que você precisa saber para o Enem Enem no EmDiaES | Tudo que você precisa saber para o Enem
  2. 2

    2 - Secult divulga resultado da segunda etapa do Edital Emergencial da Cultura Secult divulga resultado da segunda etapa do Edital Emergencial da Cultura
  3. 3

    3 - Coluna: Grijó | “Sou escritor e professor de literatura de modo que a literatura é meu ... Coluna: Grijó | “Sou escritor e professor de literatura de modo que a literatura é meu ...
  4. 4

    4 - Coluna: Sodré | “Aos 58 anos de idade, que me desafiam constantemente a pensar e repensar ... Coluna: Sodré | “Aos 58 anos de idade, que me desafiam constantemente a pensar e repensar ...
  5. 5

    5 - Brasil perde 4,6 milhões de leitores em quatro anos Brasil perde 4,6 milhões de leitores em quatro anos
  6. 6

    6 - Coluna: Ribeiro | “Meus livros já tiveram altas tiragens, mas hoje, o mundo virtual ... Coluna: Ribeiro | “Meus livros já tiveram altas tiragens, mas hoje, o mundo virtual ...
 
 
 
 

Filme em Cartaz

 

BOLETIM

Receba nossas notícias por e-mail.

)
Logomarca