Joacles Costa

Por Joacles Costa

_Escritor capixaba. _Graduando em Letras Português/Espanhol pela UFES - Universidade Federal do Espírito Santo. _Membro efetivo da AJEL - Academia Jovem Espírito-Santense de Letras. _Assessor de imprensa. _Registro de Jornalista: 003675/ES. _INSTAGRAM: @joacles

Por Joacles Costa

_Escritor capixaba. _Graduando em Letras Português/Espanhol pela UFES - Universidade Federal do Espírito Santo. _Membro efetivo da AJEL - Academia Jovem Espírito-Santense de Letras. _Assessor de imprensa. _Registro de Jornalista: 003675/ES. _INSTAGRAM: @joacles

Coluna | Baunilha: A leitura me fez descobrir o quanto este ofício é importante ...

...e o quanto a falta de conhecimento nos faz errar.

Eduardo Baunilha nasceu em Belo Horizonte no dia 02 de agosto de 1972. É Doutor em Letras pela Universidade Federal do Espírito Santo – Ufes. Também possui formação em Psicanálise pela Escola Freudiana de Vitória e especialização em Psicologia da Família.

Acompanhe abaixo a entrevista que Eduardo me concedeu para o site Em Dia ES:

Joacles Costa: Por que decidiu escrever sobre o tema da Paternidade?
Eduardo Baunilha: Acredito que por ser um tema que sempre foi muito pensado por mim. Primeiro, por causa da relação com meu pai e, depois, por causa de querer muito ser pai desde o início da adolescência. Todavia, lendo alguns livros que tratam de relações familiares, me deparei com pouco conteúdo sobre o tema da paternidade. A leitura me fez descobrir o quanto este ofício é importante e o quanto a falta de conhecimento nos faz errar. Então pensei: vou escrever um pequeno livro. O que me impulsionou também foi o fato de ter, junto com minha esposa, organizado um Seminário de família. Achei interessante lançar o livro no evento.

Joacles Costa: Qual é a principal ideia que o leitor terá ao acabar de ler o livro?
Eduardo Baunilha: É difícil mensurar qual ideia que terão, pois mesmo sendo um livro técnico, e por estar nesta categoria torna-o mais direcional, acredito que a elaboração do conteúdo pode suscitar muitas reflexões. Porém, eu espero que os pais que terão a oportunidade de ler possam compreender que a missão que têm é muito nobre, desafiadora e extremamente importante.

Joacles Costa: Você consegue fazer uma relação entre seu livro Paternidade e a psicanálise?
Eduardo Baunilha: Evidentemente que quando escrevi Paternidade eu não tinha uma relação direta com a Psicanálise, mas vejo, agora sendo um psicanalista, que já estava dando os primeiros passos nesta profissão. Digo isso porque o livro é bem reflexivo, traz muitos exemplos interessantes e nos instiga a ser melhor. Assim como a Psicanálise.
 
Joacles Costa: Você tem outros projetos literários?
Eduardo Baunilha: Nossa, projetos literários não faltam. Tenho 9 projetos engavetados. É muito difícil encontrar patrocinadores, então, a gente vai escrevendo e guardando. Kafka dizia que lemos para viver. Eu diria que também escrevo para viver. Escrever é libertador. A gente tá ali na escrita, se vê, se percebe, se constrói. Isso também se relaciona com a Psicanálise. A gente fala ou escreve, revive e elabora. É genial.

Título: PATERNIDADE – ALÉM DO SENSO COMUM

Autor: EDUARDO FERNANDO BAUNILHA 
Páginas: 50 páginas
Edição: 1º edição (2010)
Preço: R$ 10,00
Onde comprar: com o escritor no contato 27 99924-6247
Leitura Em Dia: O que você está lendo no momento: Estou lendo a Vida com o ela é de Nelson Rodrigues.

O artigo publicado é de inteira responsabilidade exclusiva de seu autor e não representam as ideias ou opiniões do site EMDIAES.

Acompanhe todos os artigos do colunista Joacles Costa

Colli: ''Animais são heróis em livro infantil sobre incêndio no Museu Nacional''

Márcia Baunilha | ‘’O livro quer despertar nas pessoas reflexões ...

Caê: ''A atividade literária, com todas as suas agruras e também suas delícias, é algo fundamental na minha vida''

Schultheiss: ‘’Quando a gente ama o que faz, tudo é mais fácil.‘’

Wyatt | ‘’Minha poesia é o outro lado das tuas pupilas ...

Rezende | “Centelha” já nasceu com a missão de romper os muros do Espírito Santo

Rosseto | Ser escritor é fácil, é só ter ideias, caneta e papel...

Neves | Quando eu escrevo me sinto realizada

Góes | "Sempre Gostei de Escrever”

Camillo | “As minhas experiências estão presentes nos alicerces das minhas histórias.”

COLLI | ‘’A literatura é uma porta para o conhecimento e abertura de mentes.’’

VANINI | ‘’O Papel da Literatura é Fazer Diferença Positiva na Mente de Cada Leitor’’

LEAL | “A Simplicidade e a Realidade Mostram Muito do Nosso Cotidiano”

CAZÉ | “Combater o racismo e fundamentar uma política antirracista, uma educação antirracista, uma justiça antirracista é urgente.”

RODRIGUES | “A poesia chega rapidamente no coração das crianças e opera milagres.”

COUTINHO | “Enquanto Houver Racismo, Não Existirá Democracia!”

ABREU | “Conheci o mundo pela literatura. Ela me impulsionou a viajar e ...

BUMBA | “O livro é considerando o melhor amigo do homem, razão pela qual é preciso ...”

KIUSAM | “A minha pele preta não me define, o racista não me define, as lutas não me definem ...

MATTOS | “A literatura e a arte de escrever são as formas mais acessível que temos.”

CEI | “Agradeço a todas as poucas pessoas que leem meus textos com atenção e fazem críticas fundamentadas.”

GRIJÓ | “Sou escritor e professor de literatura de modo que a literatura é meu prazer”

SODRÉ | “Aos 58 anos de idade, que me desafiam constantemente a pensar e repensar minhas escolhas.”

Ribeiro | “Meus livros já tiveram altas tiragens, mas hoje, o mundo virtual sufocou a leitura de livros impressos.”

J. Nunes | “A gente começa lendo a si próprio, ..., com pouco estamos tendo uma compreensão melhor da cidade e do mundo”

Daflon | “Minha preocupação é a de escrever com a melhor qualidade possível”

Gomes | “Abra todas as possibilidades de trabalho com a escrita.”

Neves | "A missão é árdua como sobrevivência, mas nada é impossível."

Machado | “Crítica literária” sempre foi de natureza jornalística.”

Blank: “Um afago que ofereço aos leitores.”

“Escrever é Preciso, escrever é uma forma de resistência.”

“...Eu não diria que escolhi escrever ou fazer literatura. Na verdade, é a literatura que te escolhe..."

“Literatura é uma educação familiar não muito difícil de se fazer, basta ser incentivada pela leitura”

EDIÇÃO ESPECIAL com o ‘’Pai da Turma da Mônica’’ - Mauricio de sousa

“O Único motivo que nos dá uma razão para escrever livros é a existência de leitores.”

“O Que Faz o Escritor é a Escrita, a Publicação é Consequência.”

Fique em dia

Logomarca